Versão para impressão

Amnistia Internacional assinala o aniversário da campanha “Women2Drive” na Arábia Saudita

altEm setembro de 2011, o rei saudita Abdullah Al-Sheikh deu um passo importante na promoção da igualdade de género ao anunciar que as mulheres estavam autorizadas a votar e a concorrer a eleições municipais.

No entanto, ainda se verificam atropelos aos direitos das mulheres que só podem viajar, frequentar a universidade, ter um emprego pago e casar apenas mediante autorização de um parente ou guardião do sexo masculino.

Através da iniciativa “Women2Drive”, que está inserida na campanha mais abrangente “My Right to Dignity”, as mulheres sauditas reivindicam o direito a conduzir.

A 17 de junho a Amnistia Internacional assinala o 1º aniversário desde o início desta campanha e partilha o resultado das ações levadas a cabo no Dia Internacional da Mulher, a 8 de março de 2012.
Foram recolhidas mais de 20.000 assinaturas em cartas e petições e cerca 4.000 fotografias de pessoas que apoiam a reivindicação das mulheres sauditas. Que podem ser consultadas aqui.

Agradecemos a todas as pessoas que, em Portugal, mostraram a sua solidariedade com as mulheres sauditas.

alt