Home > Causas

Tweet
Share

Ajude a libertar Kartam Joga, prisioneiro de consciência na Índia (Ação Encerrada)

Kartam Joga, um ativista político, está preso desde 14 de setembro de 2010 devido ao seu trabalho de defesa dos Direitos Humanos do povo Adivasi (Povo indígena na Índia).

Kartam Joga foi vítima de um ataque por membros da milícia privada Salwa Judum em 2005 e teve de ser submetido a tratamento médico.

Desde o ataque, Kartam reuniu-se com a população Adivasi de modo a catalogar todas as violações e abusos de direitos humanos que estes sofreram, incluindo mais de 500 casos de homicídio, violações sexuais e a destruição de inúmeras casas que resultaram no deslocamento de 644 membros do povo Adivasi.

Em 2007, Kartam Joga e mais dois ativistas entregaram uma petição ao Supremo Tribunal da Índia onde se pedia a realização de investigações às violações de direitos humanos em Chhattisgarh e ao suposto envolvimento das forças de segurança e da milícia Salwa Judum, alegadamente apoiadas pelo governo, em ataques contra civis ocorridos em 2005.

Até ao momento o Supremo Tribunal não recebeu qualquer resposta por parte do Governo de Chhattisgarh sobre as alegações apresentadas na petição.

Apele ao Ministro de Chhattisgarh, Dr Raman Singh que conceda liberdade imediata e incondicional a Kartam Joga.

Preencha, por favor, os seus dados pessoais para assinar o apelo.
*
*
Número Português







Pretende receber mais informação e/ou juntar-se à Amnistia/ I want to receive more information about amnesty.
         
* Campos de preenchimento obrigatório/ Mandatory field.