Home PageMapa do SiteImprimire-learningIntranet
Versão para impressão

Arábia Saudita tem de ser suspensa do Conselho de Direitos Humanos das Nações Unidas

A Arábia Saudita comete grosseiras e sistemáticas violações de direitos humanos no próprio território e em outros países, e tem usado a sua posição como membro do Conselho de Direitos Humanos das Nações Unidas (CDHONU) para obstruir efetivamente o cumprimento da justiça em possíveis crimes de guerra, avaliam a Amnistia Internacional e a Human  Rights Watch num comunicado conjunto emitido esta quarta-feira, 29 de junho. As duas organizações instam firmemente a Assembleia Geral da ONU a suspender a Arábia Saudita daquele organismo mundial de topo em direitos humanos.

Saiba Mais
 
Versão para impressão

Amnistia lança campanha urgente contra o racismo no Reino Unido face ao aumento de crimes de ódio

 

A Amnistia Internacional lançou uma nova campanha e investigação urgente para combater o racismo e a xenofobia no Reino Unido, face aos relatos de que se verifica um aumento substancial de abusos e ataques racistas na esteira do referendo em que foi votada a saída do país da União Europeia.

Saiba Mais
 
Versão para impressão

Inscrições abertas para novo curso de direitos humanos NSIS/AI

A Associação de Estudos Estratégicos e Internacionais/Network of Strategic and International Studies (NSIS) e a Amnistia Internacional Portugal organizam um novo curso de direitos humanos, entre 4 e 16 de julho, em Lisboa, cujas inscrições para as últimas vagas disponíveis estão abertas até às 16h de quinta-feira, 30 de junho.

(notícia atualizada a 28 de junho)

Saiba Mais
 
Versão para impressão

Violência sexual usada por rotina no México para torturar mulheres até fazerem “confissões”

Uma investigação sem precedentes da Amnistia Internacional, com entrevistas a 100 mulheres presas no México, revela que as forças de segurança recorrem por rotina a abusos sexuais para forçarem as suspeitas a fazerem “confissões” e, com isso, aumentar o número de condenações na tentativa de aparentar que estão a refrear o descomunal crime organizado no país.

Saiba Mais
 
Versão para impressão

Mais de 100 ONG dizem aos líderes da UE para rejeitarem o perigoso plano de resposta às migrações

 

A União Europeia (UE) está prestes a abrir um capítulo negro na sua história a não ser que rejeite a proposta da Comissão Europeia para as migrações, alerta, em comunicado conjunto, um grupo de mais de 100 organizações não-governamentais (ONG), em que se inclui a Amnistia Internacional.

Saiba Mais
 
<< Início < Anterior 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 Seguinte > Final >>

Pág. 1 de 143
  • STOP TorturaSTOP Tortura
  • A tortura não é justificável em nenhuma circunstância. É ilegal, bárbara e desumana. 
    Saiba mais | Veja Video

  • O Meu Corpo, os Meus DireitosO Meu Corpo, os Meus Direitos
  • Os direitos sexuais e reprodutivos são direitos humanos universais.
    Saiba mais

 
 
 
 

 Torne-se ActivistaApoie as nossas causas Junte-se a nósFaça um Donativo